Sobre as Cores e o nosso Tempo

by Leandro Joaquim

supported by
/
  • Streaming + Download

    Includes unlimited streaming via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.

      $7 USD  or more

     

1.
2.
3.
4.
5.
6.
7.
8.
9.

about

“Sobre as Cores e o nosso Tempo” é o Primeiro álbum solo do trompetista e compositor Leandro Joaquim. O disco foi gravado no Rio de Janeiro em 2013 e será lançado pelo selo maravilha8. A producao musical é de Ricardo Dias Gomes e conta com a participacao da da banda Ce, Bnegao, Sobrado 112 e diversos amigos musicos que atuam ao longo das 9 faixas.
O trabalho de Leandro Joaquim e uma poderosa representacao da nova cena da musica brasileira para o mundo, pois navega muito bem em diversas direcoes e assume diversas formas.
Envolvido em rock, jazz e funk, reggae e bossa nova, hora com letras que dialogam com o cotidiano contemporâneo, hora com temas instrumentais, Leandro Joaquim com seu trompete de efeitos psicodelicos, leva seu publico a uma jornada musical de muitas cores, experimentando diferentes arranjos e formacoes que vao do trio de rock’n’roll a um quinteto de jazz, passando por duetos de sopros com piano, maquinas de ruidos, delays e sintetizadores.

credits

released July 1, 2014

Produzido por Ricardo Dias Gomes, no Rio de Janeiro, em 2013.
Gravado no Audiorebel (RJ) por Pedro Monnerat, Daniel Lages e Renato Godoy
Assistente de gravação: Pedro Azevedo
Mixado no Monoaural por Martin Scian, Pedro Tambellini e Dani Carvalho
Masterizado no Monoaural por Martin Scian.

tags

license

all rights reserved

about

Leandro Joaquim Rio De Janeiro, Brazil

Trompetista e compositor.
Tocou com Elba Ramalho, Marcos Vale, João Donato, Gilberto Gil,Hyldon, Mauricio Baia, Cidade Negra, Carlos Dafé, Lucas Santana e Tony Allen, Jards Macalé, alem de tocar com o Paraphernalia, a Abayomy Afrobeat Orquestra e a Monte Alegre Hot Jazz Band. ... more

contact / help

Contact Leandro Joaquim

Streaming and
Download help

Track Name: Jóias e gestos
Todos estão loucos nessa casa de animais
Gato, cachorro, seres humanos porcos
Vivem entre odores fétidos e gritos anormais
Vacas, galinhas e milhões de ratos

Ladram como cães sem dono
Família de boçais
Enquanto moscas e vermes invadem seus quartos
Cobrem-se com suas jóias e gestos maiorais
Regurgitando o passado e remoendo fatos



Parasitam toda a energia do local
Para alimentar seu ego ate estarem fartos
Crescem num sistema egoísta colossal
E vão à missa aos domingos pagar seus pecados

Fecham se num ciclo vicioso visceral
Cospem na cara de quem vem limpar-lhe os sapatos
Ligam para o mundo um foda se geral
E seguem sua vida torta ruminando em pastos



Já vivi com esses abutres, mas agora chegou o fim
Longe dessa estupidez
Buscando um pasto só pra mim
Track Name: Em suma, na real, de fato
Hoje pode ser que eu não queira você por aqui
hoje pode ser que eu não queira

nada que te impeça de querer sentir oque quiser
nada que te impeça de saber oq fazer e nem pra onde ir
nada que eu não possa simplesmente ignorar
em suma, na real de fato:

nada que te faça não vir
nada que te faça ver
nada que te faça nao vir
nada que te faça ver
nada aqui disfarça
Track Name: Sobre as cores e o nosso tempo
do verde, do branco
do rosa que sai dos teus olhos e invade essa tarde de outono
que brilha
que brilha e que voa, e carrega gaivotas no vento
Track Name: Tanto quanto o encanto
Queria tanto que tuas flores colorissem meu jardim
E que de tanto encanto o meu canto feito passarinho te chegasse assim

E que esse canto carregasse tua semente pra um cantinho
Que seria só da gente
Nosso canto
Tanto quanto o encanto que por lá vivesse

E depois de tanto teu carinho
Borboletas coloridas lá surgissem
Pra contar aos quatro cantos
E gritar aos quatro ventos

Que o jardim que era só meu,
Agora é teu também
Que a natureza se curvou aos sentimentos
e de tanto amor deixou
Que o girassol, e o colibri…


Queria tanto que meu canto colorisse teu jardim
E que por ele tuas flores se fizessem mais bonitas sim
E quando o sol viesse pra mostrar o quanto bom seria
Todo aquele encanto todo santo dia
Todo dia que por lá amanhecesse

E depois de tanto teu carinho
Borboletas coloridas lá surgissem
Pra contar aos quatro cantos
E gritar aos quatro ventos

Que o jardim que era só meu,
Agora é teu também
Que a natureza se curvou aos sentimentos
e de tanto amor deixou
Que o girassol, e o colibri ficassem juntos
Track Name: Daqui pra frente é só relaxo
daqui pra frente com você mulher é so relacho
não quero mais ficar à sombra do teu esculacho
ja que não sou mais teu capacho
to querendo um buraquinho na tua vida que é pra ver onde eu me encaixo



ja não sou eu quem vai ficar vivendo teu escracho
to muito mais a fim de reviver teu remelecho
ja que não sou mais teu capacho, quem me dera ser teu cacho vez ou outra
se voce quiser, eu deixo.



se o teu passado me condena, hoje teu nome eu pixo.
ja me cansei de viver feito lixo reciclado
ja que não sou mais teu capacho
vou morar lá bem debaixo da tua saia
fixo feito carrapicho



já foi-se o tempo em que eu ficava com cara de tacho
por seus desmandos eu , de raiva, já nem fico roxo
ja que não sou mais teu capacho não sou mais teu saco de pancadas
e não levo mais fama de frouxo



passou da hora de se acabar com nosso falso impulso
vou lá naquele bruxo desfazer nosso feitiço
ja que não sou mais teu capacho, nem teu cacho
quero senso de bom trato
não se vive só de luxo
Track Name: Faça algo por você (feat. Bnegao)
Não confunda sedentarismo com ociosidade
faça algo por você
nem que seja só por caridade

profusão de som, coloração
confusão do ser, manipulação

somos todos personagens desse drama
somos nós os propulsores dessa maquina de lama
somos os mentores dessa trama
porque no fim do mes
oque nos falta é grana

te usam como escada pra ter pose de bacana
o cara que te emprega e o mesmo cara que te engana
pra ele caviar,
pra tú cachaça e cana
porque no fim do mes
oque te falta é grana

somos todos os mentores dessa trama
somos nos os propulsores dessa maquina de lama
somos inventores desse drama
pq no fim do mes oque te falta e grana

projetores difundindo a propaganda
e vc calado no sofa com seu controle
acha que manda
enquanto manipulam pra criar nova demanda
chega no fim do mes…

desencana
sai dessa poltrona, segue tua batalha, dropa tua onda,
atropela, esmaga e pisa.
desencana
usa as ferramentas que o sistema te propoe e anarquiza, inferniza
a vida de quem sempre te suprime e te desvaloriza
desencana inferniza realiza analiza

pensa que o controle ta na tua mao e nao na deles,
e que as escolhas que tu faz
nao passam pelo filtro deles
e que nao e por eles que a cabeca vibra

desencana

usa tua mente, se supera, trasformando a raiva em fibra
e que eles saibam,
que, por mais que a corda seja bamba,
a gente nao desequilibra e a mente nao cai
cai a grana, e com ela cai um monte de safado
fica a mente, cai a grana,
e com ela cai quem sempre foi manipulado
fica a mente cai a grana,
e com ela cai um bando de safado
fica a mente , cai a grana
e com ela cai quem na verdade sempre foi manipulado
fica a mente, cai a grana.